Pular links da navegação e ir direto para o conteúdo

Publicado em 31 de Oct de 2006 às 02:54

A Tale of Choices

Não lembro se já citei aqui o fato de ter sido aprovado num concurso público da Caixa Econômica. Aconteceu há 2 anos e até mudar para Recife, ser convocado para o cargo de técnico bancário era minha meta. Pensava em juntar uma grana e fazer faculdade de tecnologia… Porém as coisas mudaram e foi tudo muito rápido!

Num final de semana de julho recebi um e-mail do Walmar citando uma vaga como finalizador na SX Brasil. Lembro que perguntei se era necessário certificar algum curso, ele falou que não, mandei o CV e dali 4 dias, depois de um teste e entrevista estava eu saindo de suporte técnico de um cyber café e mudando para Recife com trabalho novo, casa nova, família nova… Estava finalmente começando a caminhar com as próprias pernas.

Acontece que veio o telegrama da convocação para a Caixa. A pressão da família caiu como o avião de Lost bem nos meus ombros. Foi sem dúvida a coisa mais difícil que enfrentei nesse período e depois de uma conversa séria com minha mãe acabei apagando um pouco o incêndio apesar de haver ainda alguns destroços. Agora me vejo em meio a mais uma mudança profissional, nessa quinta-feira foi o meu último dia de trabalho na SX Brasil.
Sim, saí e vou sentir saudades das reuniões eme-esse-enicas com a equipe de Maceió, das boas risadas com Walmar, Filipe e Manux. Elianderson e Marlon, mesmo em Maceió também renderam bons momentos. Sentirei falta do muito que aprendia todo dia e mesmo do trabalho duro e prioridades n° 1. Fiz grandes parceiros e amigos, só que agora é hora de desbravar terras lusitanas. :)

Recebi a proposta da 7 Graus de Portugal, para qual fazia freelancers há pouco tempo, de trabalhar 8 horas por dia em casa também com foco em web standards. Depois de um período conturbado decidi aceitar e amanhã começo a experimentar as vantagens e desvantagens de se trabalhar no meu recanto o dia inteiro. Foi estranho acordar nessa segunda e não ter que sair correndo pra pegar ônibus e chegar atrasado na empresa… Acho que é só o costume.

Quero chegar nesse texto na questão de ter largado mão da segurança e estabilidade de um emprego público para seguir a minha carreira, aquela que me deixa dormindo sentado na frente da tela todas as madrugadas, seja estudando, pesquisando ou trabalhando.
Digo que valeu muito a pena ter largado tudo e apostado no que eu realmente acredito. Estou certo que esse tesão que tenho por Web não sentiria em nenhuma agência bancária. Esse aqui não é um bloguxo, mas queria deixar registrado que quando eu precisar escolher mais uma vez, vou no que eu acredito quantas vezes for preciso.

Agora não posso parar! Preciso só matar um pouco mais o sono acumulado, adiantar uns freelas e de um pouco de sorte e tempo nos novos projetos. Pra frente, sempre!

ps.: sim, o título do texto é inspirado no 1° episódio da 3ª temporada de Lost.
ps2.: me rendi ao adsense e falo mais disso em breve, espero ter mais tempo para blogar agora.

Você é Desenvolvedor ou Designer?
Leia o blog do VTEX Lab, núcleo de inovação para ecommerce da VTEX. Também escrevo por lá. :)

  • Cara! Parabéns!
    Eu não tenho do que reclamar do meu serviço, é público, é maravilhoso, porém não foi o que eu sempre sonhei.
    Não perca seu tempo com estabilidades e essas bagaceiras, isso não te faria feliz!
    Faça exatamente o que está fazendo, faça o que gosta e seja feliz!
    Abração e boa sorte, sempre!

  • Você vai ver que delícia que é trabalhar de casa. Só basta ter disciplina, mas eu adoro. Que pena que não te vi no Intercon lá em São Paulo, conheci uma boa galera. Ah, e te desejo boa sorte aí nos novos projetos e… gostei do título! :-)

  • Rodrigo,
    Primeiramente parabéns pela escolha, você não deve escolher um emprego apenas pela estabilidade que este pode lhe proporcionar, mas sim pela possibilidade de crescimento, aprendizado…
    Te desejo muita sorte nesta nova empreitada, pois você merece.

  • É isso aí!

    Há um mês atrás mudei de emprego e minha vida consequentemente também.

    Como publiquei em meu blog, eu era um estagiário num departamento na minha faculdade. Estudava de manhã e trabalhava a tarde, muito tranquilo.

    Há 4 semanas atrás, recebi propostas da agência na qual estou trabalhando e do HSBC, pela segunda vez.
    Acabei aceitando a agência, mas foi muito difícil escolher. Minha vida mudou, como eu disse, estou trabalhando o dia inteiro e estudando a noite, é isso aí!

    Não me arrependo, estou muito feliz aqui e logo estou recebendo meu primeiro salário como funcionário contratado, deixando de ser estagiário :)

    (Tudo isso graças aos Web Standards e meu empenho em aprendê-los e sempre me dedicar à eles).

  • Camilo

    Legal cara, é preciso disciplina, mas trabalhar com o que gosta e em casa (o que te possibilita parar um pouco e ir comprar uma Coca, por exemplo…) não tem preço!

    Boa sorte!

  • Valéria

    Oi Rodrigo.
    Já vivi situação parecida.
    Cheguei a ser funcionária do Banco do Brasil.
    Qdo fui convocada, meu pai, que era aponsentado da Caixa, ficou super feliz achando q eu estava encaminhada na vida.
    Pra começar, trabalhar em banco hoje não é mesma coisa da época dos nossos pais.
    Ele foi caixa a vida toda.. e essa era a função que eu ocupava tb. Com o salario de caixa do banco, meu pai sustentou bem a familia. Com o meu salario de caixa há 2 anos atras, com certeza não conseguiria o mesmo (pelo menos não morando em São Paulo)
    Além disso, banco virou varejo. Vc está sempre sendo cobrado, para vender.. seguro, capitalização.. qq coisa, nem que seja venda casada.
    A realidade não é mais a mesma.
    Bem, eu não gostava do q fazia. Um dia pedi demissão do banco pq tive a oportunidade de passar um tempo fora do pais e fui.
    Pra muita gente, fiz a maior loucura.
    Qdo voltei ao Brasil, cheguei a pensar o mesmo.
    Fiquei desempregada. Não queria mais ser bancária mas tb nao sabia oq fazer da vida.
    Como conhecia um pouquinho de HTML, comecei a trabalhar com isso (faz pouco tempo).
    Hoje, presto serviços para uma empresa de internet. Não sou bem remunerada e não tenho estabilidade alguma. Mas adoro oq faço, estou estudando e me esforçando.
    Sei q vou progredir profissionalmente.
    Se tivesse ficado no banco, teria uma estabilidade mas estaria limitada pois não iria me esforçar da mesma forma e, provavelmente, iria ser caixa até aposentar.
    Não seria ruim.. mas acredito que posso fazer mais do q se ficar acomodada e sem motivação.

    Acho q fez certissimo. Parabéns e boa sorte no novo trabalho.

  • Cara, que gozado. Vi o mesmo que você. Mas escolhi o emprego público. Vou contar rapidinho.
    Também trabalho com desenvolvimento web. Quando saiu minha nomeação para ser técnico previdenciário não exitei e peguei. Sabe por que? É bacana pela estabilidade e outra, são só 6 horas de trabalho. Quer dizer, posso continuar estudando e tendo web na minha vida.
    Tenho muito tempo livre. O serviço público te da muita liberdade. É nisso que se deve pensar. Por mais que eu goste de web, não conseguia ter o mesmo salario do que meu atual emprego. Então, pensei: levo meu serviço como fonte principal e meus freelas pagam meus macs.

    Boa sorte

  • É uma mudança “mais ou menos” radical mas não deixa de ser válida essa sua decisão! Não há nada pior do que trabalhar em algo por obrigação! Esse esquema de estabilidade funcional pública é uma coisa que pesa mais para a família do que para nós mesmos, passei por isso, sei como é!

    Na sua situação qualquer um faria a mesma coisa, decidir pelo que é mais interessante tanto profissional como pessoalmente para sua vida. Se você está feliz e ainda conseguindo pagar as contas é o que importa, esse lance de estabilidade é meio massacrante e a rotina seria mais ainda.

    Aproveita! Boa sorte aê :)

  • Parabéns pela escolha cara, nada como amar o que se faz e fazer o que se ama!

    PS. Então abriu uma vaga na SX?! Pena que o nordeste é muito longe daqui, hehe..

    Vlw T

  • ale

    Ual… Eu sei que nao eh bloguxo, mas fiquei emocionada aqui!! Muita sorte nessa nova etapa, tenho plena certeza que sua carreira esta apenas comecando.
    BJS

  • Parabéns!

    Boa sorte!

  • Caramba, parabéns! É um sonho poder trabalhar em casa, claro que com toda disciplina e mais.

    Imagino que foi um tanto difícil ecolher o caminho, é difícil passar isso na vida, mas quem não passa?!

    Abração! E muito sucesso!

  • Parabens cara! Muito sucesso!

    Abraço!

  • Hum… É melhor correr os riscos de se fazer o que se gosta do que viver na penumbra de não ter tentado outras coisas…

    Além disso, parece que você ainda é jovem, portanto mesmo que a escolha não se revele adequada (bate na madeira três vezes!) você tem tempo pra mudar!

    O seviço nos acomoda um pouco, mas também existem desafios!

    Sucesso e parabéns, ainda que atrasados :-)

Sobre

Nascido em 1984 é Desenvolvedor Web autodidata desde 2002. Hoje especialista em Design da Informação pela UFPE é Designer na equipe de UX no VTEX Lab (núcleo de inovação para ecommerce), da VTEX.

Saiba mais