Pular links da navegação e ir direto para o conteúdo

Publicado em 7 de Apr de 2010 às 10:57

Apps para Mac OS X essenciais para Desenvolvedor Web

Cada um tem suas ferramentas preferidas e indispensáveis para trabalhar melhor no dia-a-dia nerd. E as listas dessas ferramentas que você usa são legais, sempre se descobre alguma coisa nova (ou não). A minha é a seguinte:

Safari (FREE)

Safari

Não adianta, de todos os browsers que já testei no Mac, ele é o mais rápido e integrado ao sistema. Nunca consigo encerrá-lo, ta lá sempre rodando mesmo sem janelas abertas. E depois que você acostuma com a interface limpa, é difícil largar. O Chrome (minha escolha no Windows) chegou bem perto, mas depois de um tempo de uso você nota que o consumo de recursos deixa tudo lento no OS X. O Safari tem 2 pontos fracos: o Flash Player trava bastante e pra quem já é dependente das extensões do Firefox não tem tantos plugins alternativos, mas eu sobrevivi feliz da vida. Para desenvolvedores web o Safari tem a mesma grande vantagem do Chrome: o Webkit, que é o renderizador de páginas web mais espetacular que já existiu e que já vem com um kitzinho develop completo embutido. Claro que não da pra deixar de testar os sites no Firefox e no Windows, pra este último eu uso o VMware Fusion. Só não indico nesta lista por achá-lo pesado de doer, caro e sempre sofro usando, mas ainda não achei alternativa melhor.

Dropbox (FREE)

Dropbox

É o maior inimigo do pendrive. Quem trabalhar com 2 computadores diferentes (casa e trabalho, por exemplo) precisa descobrir as maravilhas do Dropbox. Você cria uma conta, instala a ferramenta nas 2 máquinas e tudo que você joga na sua pasta do Dropbox local (até 2 GB no plano Free) vai para sua conta no site. Quando você chega no trabalho, aqueles documentos e apresentações que estão na sua pasta em casa vão estar todos lá em sincronia, tudo automático. E se você está numa máquina onde não instalou o Dropbox, é só logar no site e baixar os arquivos de lá. Ah pode compartilha-los também. No trabalho de conclusão da faculdade foi um diferencial, pois não precisava me preocupar com backup e ainda criava uma versão nova online automática toda vez que eu salvava o doc. É o tipo de app que você esquece que existe, mas não deixa de usar nunca.

Remember the Milk (FREE) + Fluid (FREE)

Rmilk

O grande diferencial do Remember the Milk é que ele usa a inteligência para ser simples. Para adicionar novas tarefas é simples como digitar “Reunião com cliente X amanhã” e ele já entende a data. Pra que serve o Fluid? Ele transforma sites em aplicações desktop no Mac. O que faço é usar a versão mobile do RTM em conjunto pra ter uma janelinha TODO list sempre à mão. Não adotei o RTM dentro do Gmail por não ficar com o e-mail aberto o dia inteiro, pois é suicídio.

Evernote (FREE)

Evernote

Anoto coisa pra cacete e a maior utilidade que ele tem no meu dia-a-dia é: anotações de reuniões. Mas as notas vão muito além disso, de preço de produtos que preciso comprar a protocolos de atendimento, a número de conta bancária de funcionário a comprovante de pagamento que não preciso imprimir, passando por seriais de softwares. Sem falar que ele entende texto de imagens, ou seja, pegou aquele cartão de visitas que não quer guardar na carteira? Fotografa que ele vai identificar o texto da imagem, como nome e telefone. Tudo pronto pra ser encontrado numa busca. O único problema da versão FREE é que ele não criptografa as notas, por isso não indico anotar coisas que você não quer que outros saibam.

TextMate ($54)

TextMate

Antes de comprar o Mac minha visão sobre pagar por software era diferente, o negócio é que eu não conhecia softwares que realmente fazem sua vida mais fácil e que foram pensados com o objetivo claro e com cuidado nos detalhes. O TextMate é dessas ferramentas que mudam sua visão e você quer pagar porque acha justo, já que é O MELHOR EDITOR DE TEXTOS/CÓDIGOS DO MUNDO e não custa um rim (sim, estou gritando com a Adobe). Brinque com os Bundles (o do WordPressJquery são matadores) e plugins e descubra o mundo maravilhoso que existe fora das IDEs sem foco no código.

Spotlight (parte do Mac OS X)

Spotlight

Quando usava Windows e fiquei sabendo que o Vista ia trazer um Spotlight para o Menu Iniciar eu fiquei maluco. Só foi usar pela primeira vez pra descobrir que não era nada daquilo que imaginava. Sem bancar muito o fanboy da Apple, mas o Spotlight brilha muito no meu desktop e salva muitas vidas. Já tentei usar o Quicksilver, mas o Spotlight sempre volta. Uso até como calculadora rápida.

OmniGraffle (PRO $199,95)

OmniGraffle

Para Wireframes, sitemaps e diagramas não existe ferramenta mais legal no Mac. Quem está acostumado com a interface do iWork, vai se sentir em casa. O preço não é dos mais bonitos (mais caro que a suite iWork), mas ele já virou padrão para diagramas e protótipos no OS X. Tem tudo que o Axure RP fica devendo (grid e guides por exemplo) e é uma ferramenta gráfica com grande poder de fogo, mas falta ser multiplataforma (exportar pra PDF remedia esse problema, já que as ferramentas da Adobe editam PDF numa boa no Windows).

Pages (parte do iWork: R$179)

Pages

Usava o iWork só pelo Keynote pra fazer apresentações. Mas o Pages acabou matando meu uso do MS Word, ele tem o que preciso numa interface mais simples e ajuda demais na diagramação de páginas e elementos sem precisar brigar com bugs que o Word herdou da sua primeira versão e ainda não corrigiu. As propostas e contratos vão e vem do cliente sem muita dor de cabeça. Agora, se você é daqueles que sofre de síndrome de perfeição pixel by pixel no Word, o problema não será o Pages exportando doc e sim o Word, por estar longe de ser uma ferramenta precisa.

MAMP (FREE)

MAMP

Em resumo é um XAMPP Apple-like e é obrigatório pra quem quer desenvolver sites com PHP e MySQL. Apesar do Mac OS X já ter o Apache em suas entranhas, o MAMP consegue trazer o PHP e MySQL junto e simplifica um pouco mais as coisas.

svnX (FREE)

svnX

Se você já descobriu as maravilhas do versionamento de código com o SVN, está acostumado com o tortoiseSVN funcionando como um sonho no Windows e não consegue migrar para o Gti, o svnX é o melhor cliente SVN gratuito para Mac. Só toma o tempo para acostumar-se com a interface para a saudade do tortoiseSVN sumir. A comunidade responsável pela ferramenta está bem ativa, as novidades chegam em pequenos pacotes.

LogMeIn (FREE)

LogMeIn

Enquanto seu desktop não vai totalmente para as nuvens é necessário ter um modo de acessá-lo remotamente de qualquer lugar e de forma segura. Nada mais de “Esqueci o arquivo no meu computador em casa”. Só instalar o pequeno servidor na sua máquina mas não é o mesmo que o Dropbox, você realmente acessa a tela do seu computador no browser. Existem várias ferramentas pra isso, a minha preferida é o LogMeIn por poder ser usada sem a necessidade de instalar o plugin deles na máquina cliente, só ter a máquina virtual Java (apesar da experiência com o plugin instalado ser MUITO superior). Já usei bastante pra acessar coisas de casa enquanto estava na faculdade ou em cyber café no interior e é multiplataforma.

Cyberduck (FREE)

Cyberduck

É a melhor forma gratuita de acessar FTP no Mac, só fica um pouco pesado com o tempo de uso porém é muito estável, bem integrado ao sistema e, além de FTP o patinho suporta FTP/TLS, SFTP, WebDAV e Amazon S3. Sincronização e a janelinha de histórico das transferências também são pontos fortes. Contudo uma coisa precisa ser dita: apesar da sua interface feiabagaralho e falta de integração ao sistema no Mac, o Filezilla ainda ganha em velocidade de download e upload pra qualquer cliente FTP.

Echofon (FREE)

Echofon

Está mais que provado que o Twitter não é inútil, para desenvolvedores web é fonte de informações valiosas, e se você acha que está perdendo tempo nele talvez o problema sejam as pessoas que você escolheu pra seguir. Além de tudo ele também é uma ótima forma de comunicar-se com os amigos e claro, ter um pouco de diversão durante o dia. Um cliente desktop leve, simples e com suporte a listas é tudo que precisava e o Echofon atende muito bem.

E quanto a você? Quais as suas preferidas?

Estranhou a falta do Photoshop?

Photoshop

Ele é sem dúvida uma das ferramentas que mais uso no dia-a-dia, mas tem muitos motivos para eu não indicá-lo. Tem todas as doenças que a Adobe causa em qualquer ferramenta: Interface feia, complicada e inconsistente; bugado e mal integrado ao sistema; a cada versão não trás melhorias, apenas mais coisas que você não usa e custa o preço de um bom kitnet na periferia. Infelizmente é essencial por ser padrão do mercado gráfico e por incompetência da concorrência.

5 Respostas para “Apps para Mac OS X essenciais para Desenvolvedor Web”

  1. Felipe Diesel em 8 de Apr de 2010 às 08:11 disse:

    Já experimentou o Pixelmator no lugar do Photoshop? Não faz tudo, mas tem coisas bem legais, é bem mais leve e custa $59.

    Estou testando e pensando em comprar

  2. Muniz em 8 de Apr de 2010 às 12:40 disse:

    @Felipe
    Pra mim o grande problema do Pixelmator é não ser multiplataforma. Tem dias que vou pra agência sem o Macbook e quem me espera lá é uma máquina rodando Windows 7, preciso ter a possibilidade de continuar trabalhando nos arquivos de onde parei e o .pxm não vai abrir no Windows. Sem falar também nos arquivos .psd complexos já criados que não vão abrir no Pixelmator :/

  3. Bob em 8 de Apr de 2010 às 22:55 disse:

    eu tbm testei inúmeras vezes o QuickSilver e nunca consegui me adaptar. até um dia que eu achei o Alfred App. Rápido, leve, fácil e elegante :]

  4. Patrici em 3 de May de 2010 às 22:06 disse:

    O Coda é outra excelente ferramenta para códigos, com tratamento especial para CSS.

  5. Tiago Faustino em 29 de Nov de 2011 às 19:46 disse:

    Para codificar achei um bem legal que é o Sublime Text. Vale a pena testar.

    Eu de vez em quando uso o FileZilla, apesar do Coda já fazer o FTP.

    Para desenvolvimento PHP uso o Aptana, e para Java e outros o bom e velho Eclipse!

Deixe seu comentário

Sobre

Nascido em 1984 é Desenvolvedor Web autodidata. Hoje graduado em Sistemas para a Internet na Faculdade Marista e é Co-fundador da Wenetus Interactive.

Saiba mais