Pular links da navegação e ir direto para o conteúdo

Publicado em 6 de Sep de 2007 às 22:00

Como criar orçamento de um projeto web

Ainda não sabe quanto cobrar por um site? Por que é tão difícil calcular o preço de um projeto web? A resposta é simples: porque as pessoas não sabem seu valor de trabalho. Quando você é freelancer ou faz atendimento e chega aquela hora de citar valores para o cliente sempre rola aquele medo. Se chutar errado você vai ter prejuízo ou vai perder o cliente por cobrar mais caro que o justo.

Antes de ler o famoso artigo do Michel muitos não tinham noção de quanto cobrar, eu mesmo já chutei muito valor de configuração de CMS e criação de layout. Hoje a dúvida ainda está por aí, há pouco recebi mais um dos inúmeros e-mails pedindo ajuda para saber a média que cobro por site, essa média não existe. A Luma Kimura reclamou no twitter que nunca sabia quanto cobrar. Costumo dizer aos amigos que nunca vou ser rico por me enrolar todo com o mais simples dos cálculos, porém apesar de não ser a pessoa dos números a dificuldade de fazer um orçamento passa longe dos cálculos matemáticos complicados. O problema está em ter experiência suficiente para saber em quanto tempo você faz determinada tarefa. A pergunta não deveria ser “Quanto cobrar?” e sim “Quanto tempo vai passar para fazer a tarefa?”

O segredo para um orçamento com valor justo

Não tem segredo, saiba quanto você custa, levante seus gastos mensais, todos eles. Inclua celular, cineminha, impostos (25%) e não esqueça do valor que pretende poupar por mês. Com o valor de seus gastos do mês em mãos faça o que o Michel escreveu, divida por 160 e você saberá o valor da sua hora trabalhando 8 horas por dia de segunda a sexta.

Planilha

Para facilitar um pouco o processo de cálculo da hora eu criei uma planilha bem básica para você poder saber o total de seus gastos do mês e o valor da sua hora sem e com impostos de pessoa física (25%). Faça o download do arquivo .xls zipado ou se preferir abra e copie direto no Google Spreadsheets. Só fique atento porque o cálculo da hora aí é para quem trabalha 8 horas por dia, 5 dias por semana. Pode melhorar, modificar e distribuir o arquivo como desejar, melhorando não deixe de avisar que eu também quero. :)

Já sei o valor da minha hora… E aí?

E agora é que o problema começa. Saber quanto tempo você passa para criar uma interface, codificar uma homepage de médio porte ou configurar um CMS requer experiência. A dica é analisar bem as tarefas do projeto, se você está realmente começando vai ter que perder algumas madrugadas fazendo trabalho filantrópico. É o preço que se paga por ainda não ter portfolio e experiência. Faça sites daquelas ONGs que a sua tia, irmã e amigos ajudam prestando muita atenção em quanto tempo você gasta fazendo cada coisa, documente tudo! Com isso registrado você será capaz de elaborar orçamentos bem mais consistentes com folgas para não se enroscar nos prazos.

Aí é só deixar claro no documento quanto valem as tarefas cuidando para não ser muito técnico, use linguagem simples e clara. Não esqueça da folga para se prevenir da famosa “choradinha”, e se caso o cliente não pedir desconto você pode mesmo assim dar a opção só para ganhar sua simpatia. O cliente vai ver que há um cálculo de valor por trás de tudo aquilo, você ganha credibilidade e ainda pode ajustar valores cortando coisas do projeto se ele chiar. É bem melhor que perdê-lo.

Você é Desenvolvedor ou Designer?
Leia o blog do VTEX Lab, núcleo de inovação para ecommerce da VTEX. Também escrevo por lá. :)

  • Muito interessante.
    Obrigado!

  • Fantástico, Rodrigo!!!
    Você está virando a minha referência para este tipo de dúvida!! :)

    Desde aquele desabafo no Twitter eu estou com um rascunho sobre o assunto para postar no meu blog, mas ainda não consegui terminar de escrevê-lo (falta de tempo e inspiração *rs). Fiquei cheia de dúvidas quando tentei fazer como você sugeriu lá no Twitter mesmo, a princípio não deu muito certo… conversando com alguns amigos vi que eles têm problemas e dúvidas parecidas com as minhas, o post que estou rascunhando é sobre essas dúvidas e dificuldades.

    Vou testar esta planilha, tentar adaptá-la para o que preciso. ;)

    []s

  • Outra vantagem de calcular assim os orçamentos é ter a flexibilidade para se adaptar à verba do cliente. Por exemplo, se ele quer reduzir em 20% o valor total, bastar reduzir o escopo em 20%. Diminuindo 20% das horas que você vai trabalhar, pode perfeitamente se adequar à verba disponível.

    O mesmo vale para o inverso. O cliente pediu aquela galeria de vídeos que não estava prevista? Adicione ao escopo, estime as horas trabalhadas e faça um adendo ao orçamento.

  • Olá

    Muito legal o teu artigo, bastante prático.

    Mas quero acrescentar umas coisas, primeiro tá faltando na sua planilha os gastos com internet e telefonia :P

    Eu tenho uma planilha própria de calculo de horas, adoto o mesmo sistema com sucesso, e incluo também um cálculo – meio tosco – da depreciação/gasto do computador, até pq vou precisar de grana para mantê-lo, eventual troca de fonte, compra de memória, etc.

    Depois, para o orçamento de um projeto web sempre tem os custos específicos do projeto, eventuais serviços de impressão, compra de mídia, viagens, etc.

    Abraço

  • Ja me passaram uma formulinha, pra cobrar quando eu fizer um freela :) mas eu tneho aquela coisa chata que eh a vergonha de cobrar. Sempre. Ate qdo taum me devendo dinheiro. Preciso de mais cara de pau e de um post como esse :) adorei
    Bjs!

  • Sabe, aqui onde eu moro ainda tem o problema mercadologico. Por existir muitos web-kamikases aqui na região a gente precisa baixar um pouco o valor em referência aos grandes centros (SP, RJ).

  • Pingback: links for 2007-10-09 ()

  • Poxa, estou com saudades das atualizações aqui hahahaah :)

    Hoje chegamos a um concenço de como criar orçamentos e tem dado cero, mas demorou muito para iso.

    Abração

  • Julio

    Muito bom, parabéns. Isso vai me ajudar muito

  • Muito bom Robrigo, a planilha ficou muito boa, também tenho este problema. Já não é a primeira vez que o leio teu site. Os textos são bons, e o layout o torna ainda mais fácil de ler.

    Abraços

    Adriano Oliveira

  • Estiverson

    Olá Rodrigo, muito Interressante essa idéia da planilha de gastos, nunca tinha pensado nisso, estava pela Web pesquisando como poderia ter uma base de quanto cobrar ao meu cliente por um Site, e acabei chegando aqui, Cara muito boa essa idéia, não sei se foi idéia sua, mas parabéns mesmo assim pelo layout do site e por ter tirado nossa dúvida.

    Sou novo em Webdesign e sabe como é, tenho algumas dúvidas que só aprendemos com quem sabe.

    Um abraço amigo

    t

  • Rodrigo

    Bem legal o artigo, deu para esclarecer bastante

  • Pingback: Quanto custa um website? « Clovis Rolemberg Web Home-Office ()

  • José Siqueira

    Muito tosco a sua planilha! Muito fraco o artigo… Nunca mais volto aki!

  • Por favor :)

  • Eu desenvolvo projetos de comunicação visual, em especial soluções web, desde 95. Antes, ainda na faculdade, nenhum professor conseguia nos orientar sobre como e quanto cobrar. Acabei estabelecendo um valor/hora que acho justo pelo meu trabalho – R$ 200,00. Algumas vezes, se utilizar este valor como base, o projeto pode sair muito barato, se você trabalha rápido (meu caso). Outras vezes porém o número de horas previsto na proposta duplica (se o cliente não sabe o que quer, por exemplo…). Acredito que estipular um valor/hora e basear-se nele para cobrar é uma boa maneira de se trabalhar…

  • Lia

    Adoreeeeeei!! Essa de dividir por 160 eu não sabia!! Obrigada!! :D

  • Não sou de deixar comentários em blog, mas realmente achei o seu “Post” muito útil. Parabéns

  • ops… se alguem quiser um blog de ONG para testar estes calculos, e aplicar o que ja aprendeu… eu coloco o meu blog a disposição… rsrsrsr é sério! estou precisando de uma linguagem mais profissional no meu humilde blog… quem topa é só me adc: refugio.das.amoreiras@hotmail.com Carla.

    o blog é projetobeirario.blogspot.com

    abraços.

  • Cara concor com vc mas também se deve pensar no trabalho que vai fazer!
    Não é justo cobrar um exageiro por algo simples, deve-se avaliar os dois lados!
    Aqui tem um otimo orçamento os cara são bem bacanas.

    http://wolmirgarbin.wordpress.com/orcamentowebsite/

  • Olá Rodrigo; Agradeço por ter postado este excelente conteúdo, nõa imaginava como iria fazer para calcular desta forma. Assim fica bem mais fácil cobrar o justo para ambas as partes.

    Meus parabéns.