Pular links da navegação e ir direto para o conteúdo

Publicado em 13 de Jan de 2006 às 14:48

Dicas depois de instalar o WordPress

Wordpress.orgTer o WordPress instalado já é bom, mas como geralmente acontece quando se entra em contato com novas ferramentas, pode-se sentir perdido e às vezes quem não tem experiência com blog não consegue tirar proveito total, pensando nisso vou tentar deixar aqui uns toques considerados fundamentais para melhorar e expandir sua experiência com seu WP, deixá-lo melhor e talvez lhe tirar do estágio de iniciante.

  1. Leia, leia e leia. Seja no site oficial, blogs em inglês ou português, basta uma simples busca no Google e você consegue material de sobra. Parece óbvio, mas muita coisa publicada não é lida ou mesmo não é lida com a atenção devida. Se você tem dificuldades com o inglês faça um esforço usando um dicionário de bolso ou o tradutor do próprio Google. Você vai ver que as informações em inglês são pra lá de valiosas e você ainda tem a chance de aumentar seu vocabulário na língua inglesa, garanto que funciona por experiência própria.
  2. Inscreva-se em grupos e listas de discussão sobre o WP. Conheço a comunidade do orkut e a lista de e-mails. As listas de e-mail são hoje uma das grandes fontes de informação e resolução de problemas de qualquer assunto. Vá na página do grupo, faça uma busca sobre a sua dúvida e se não encontrar nada, crie um tópico com um título bem claro. Por exemplo, se você tem problemas com a instalação de plugins não crie um tópico com títulos do tipo: “Ajuda por favor!” ou “Estou desesperado”, dê preferências a títulos com “palavras-chave” do assunto, como por exemplo: “Erro ao instalar plugin do Flickr”. Assim no futuro as pessoas que buscarem a solução para o mesmo problema encontrarão mais facilmente.
  3. Ganhe dinheiro com seu blog WordPress. Não gosto da idéia de pessoas estarem encarando o blog só como fonte de renda, mas se seu conteúdo for de qualidade é justo que você consiga algum retorno fincanceiro com isso. O meio mais usado é o Google AdSense que gera publicidade no seu blog de acordo com palavras-chave encontradas pelo Google, é a publicidade contextual. Você ganha por clique, mas eles só pagam quando você atingo o valor mínimo de 100 dólares mensal. Assim com acontece com tudo que é sucesso, tem muita gente satisfeita e alguns nada felizes com o serviço, então tente. Uma boa alternativa ao Google AdSense é o
    Text Link Ads. Com o programa de afiliados você pode ganha 25 dólares a sua conta PayPal por cada novo usuário que se cadastra no site a partir da sua indicação. Então cadastre-se, pegue o seu link e saia indicando no seu blog.
  4. Busque links no del.icio.us. Pessoas do mundo inteiro salvam seus links favoritos lá. Além de fazer uma busca por descrição você pode achar assuntos fazendo uso das tags (palavras-chave). Por exemplo, acessando del.icio.us/tags/wordpress você tem todos os links salvos com a palavra-chave “wordpress”, já os salvos com mais de uma palavra-chave como “wordpress e theme” estão no endereço del.icio.us/tags/wordpress+themes.
  5. Crie hábitos de backups do banco de dados. O WP 2.0 já vem com o plugin WP-DB-Backup, com ele você pode fazer enviar um backup de seu banco de dados como anexo para o seu e-mail automaticamente. Claro, nessa rotina escolha um intervalo de tempo dependendo da freqüência com que você posta ou recebe comentários. Se você posta muito e recebe vários comentários faça o backup diário, se posta menos escolha o backup semanal ou duas vezes por semana. O verdadeiro valor de um backup só é dado quando você precisa dele e ele não está lá. O backup dos arquivos do servidor só é necessário quando você faz grandes modificações no tema do blog, adiciona plugins e imagens aos posts.
  6. Fique de olho nos comentários moderados. Por padrão o WP libera os comentários para todo mundo, mas só os exibe no post depois que você, administrador, os libera da moderação. Apensar de ele enviar um e-mail por cada comentário na moderação, seu servidor pode não ter suporte a função de correio eletrônico, principalmente se ele for gratuito. Se esse for o caso, dê sempre uma olhada em “Manage > Awaiting Moderation” para liberar os comentários pendentes. Se quiser desabilitar a moderação siga em “Options > Discussion” e desmarque a opção “A comment is held for moderation”, mas certifique-se de estar com um plugin antispam como o Akismet Spam instalado e ativo.
  7. Agende a entrada de posts. Se você usa o WP para publicar artigos em colunas com dias da semana certos, você pode, assim que escrevê-lo agendar sua entrada. Por exemplo: se toda quarta-feira você publica um artigo sobre culinária e achou uma receita interessante na segunda-feira, escreva o artigo e mude a data para o dia da quarta-feira. Na quarta o WP publicará o post na hora agendada.
  8. Quem usa discada acessa seu blog. Você usa uma tema que exibe vários posts na homepage e seus textos são enormes? Ao escrever seu texto escolha um lugar para adicionar <!--more-->, feito isso o WP vai exibir na home o post só até onde você indicou o <!--more--> com o link para o post completo no final do texto, o famoso “Continue lendo”. Alguns temas já vêm com a opção de exibir apenas um resumo automático na home page, mas com o uso do <!--more--> você pode ter um controle melhor do resumo.
  9. Seja encontrado. Ao escrever um novo post o WP usa o recurso chamado “ping” para atualizar sites que listam assuntos de blogs como o Technorati, por exemplo. Como fazer seus posts aparecerem “pingados” nesses serviços? Em Options > Writing existe um campo onde você pode adicionar endereços. Há uma lista famosa de seviços de pings. Mas atenção. Quanto mais links nessa lista, mais lenta ficará a postagem. Então não exagere.
  10. A audiência importa? E como! Mas a você. Se você não liga só para comentários, mas liga para o número de visitas então use plugins de estatísticas como o WP-ShortStat, ou o serviço Google Analytics. Os dois lhe dão muito mais que o número de visitas, dão um perfil muito bom dos seus visitantes. Não precisa sujar o layout do seu blog com figuras de quantos acessos você teve. Isso importa apenas a você, não acha? O “muito” você quer só nas visitas, no layout “menos é mais”.
  11. Observe, depois atualize. Assim que uma nova versão do WP ficar disponível, não atualize de imediato, procure opiniões de blogueiros mais experientes que testaram a nova versão. A curiosidade pode ser muita, mas o melhor a fazer é esperar 1 mês ou mais e assim que os pontos negativos e positivos estiverem avaliados, você analiza e vê se atualiza ou não. Agora, se a atualização for de segurança, faça o mais rápido possível depois de um backup.
  12. Update 24/01/06: Controle melhor as quantidades de posts exibidos. No WP, indo em “Options > Reading > Show at most” você pode configurar um número de posts para que ele exiba na home, no resultado de um busca, na página de uma categoria e por aí vai… Com o plugin Custom Query String você pode configurar o número de posts de cada seção do blog de forma independente. Por exemplo, atualmente uso aqui para listar apenas 1 post na home e 10 nos resultados de busca.
  13. A personalização no WP é avançada. O WP conta com uma gama enorme de temas prontos, uma simples busca no Google resolve isso. Mas se não gosta de temas prontos quer um blog exatamente com a sua cara precisa saber que isso tem um preço, a personalização dele não é tão simples como no Blogger, por exemplo. Então se é essa sua vontade você vai ter que estudar o básico de HTML, CSS e um pouco de PHP. Não é coisa do outro mundo, mas também não é coisa que você vá aprender em 1 horinha. Como tudo na vida, precisa de dedicação. Vamos a alguns links para iniciar nos estudos:

    Na verdade esses links só são o começo, você encontra muito mais coisa na internet. Depois disso você precisa ir na pasta WP-content/themes/”seu tema” e modificar o arquivo que corresponde a parte do blog que você quer modificar. Por exemplo, as informações de estilo do seu blog, como tipo de fonte, cores de fundo estão num arquivo CSS, o styel.css, as informações da barra lateral estão no arquivo sidebar.php, rodapé no arquivo footer.php e assim vai…

Não acabou. Esse post está em expansão, é meu objetivo receber mais dicas de leitores e sempre atualizá-lo. Let’s go!

Você é Desenvolvedor ou Designer?
Leia o blog do VTEX Lab, núcleo de inovação para ecommerce da VTEX. Também escrevo por lá. :)

  • FANTASTICO!! Post muito útil tanto para iniciantes como para alguns que já têm um tempo de estrada.

    Vale ressaltar que o backup é MUITO IMPORTANTE, eu já tive experiências trágicas com a falta de backup. Já perdi a conta de quantas vezes recomecei meu blog, ainda mais se usar um serviço gratuíto.

    Tinha algumas dicas aí que eu não fazia idéia de quão importante era, vou começar a colocar meu blog nos eixos agora. :D

  • Lu

    Muito bom, mesmo! O WordPress não só é uma excelente ferramenta, como conta com uma excelente comunidade aqui no Brasil, disposta a ajudar com artigos como este!

  • Muito boa iniciativa, pra quem começa, e não sabe por onde começar, é ótimo, a pessoa ja se situa, e sabe praonde ir, aonde esta, e praonde pode ir, os quesitos básicos da usabilidade!

    Abraços

  • Helton

    Ótimas dicas, estou começando no mundo WordPress e se tivesse me deparado com esse texto a três semanas atrás não teria tanta dor de cabeça por coisas simples. Parabéns

  • Muito boa a iniciativa. Já estou usando o WP há um tempo mas devo admitir que algumas das dicas que você deu eu ainda não havia feito.

  • Pingback: » Como instalar o Wordpress? - Rodrigo Muniz + Tecnologia, Webstandards, CSS, Internet, Web design, Cultura, Fotografia, Música... ()

  • Eu cansei de blog gratuito e vou hospedar meu blog.Vou tentar seguir a risaca e depois digo se deu certo!

  • Este post era o que faltava pra quem queria instalar o WordPress mas tinha receio de ser complicado.
    O WP nem se compara com os outros serviços de postagens, mas o que mais impressiona é o leque que se abre quando falamos em customizar. Os plugins e os temas provam isso. No site http://wp-plugins.net/ é possível achar centenas — quiçá milhares — de plugins. É tanta opção que assusta. xD

  • Excelentes dicas :)

    É legal falar sobre o feedburner, pra ter uma estatistica das pessoas que assinam os feeds :D

    Atenciosamente,

  • Olá Rodrigo! Gostei muito de ler a sua matéria.

    Eu sou um autodidáctica nestas questões da Internet e de construção de sites.

    À algum tempo a esta parte fiz a remodelação do site http://www.srcoronado.com e usei como CMS o WordPress, contudo ainda tenho algumas coisas que precisava ajustar.

    Se pudéssemos trocar algumas ideias seria muito bom para mim.

    Até sempre, e um abraço!

  • siteblogger

    realmente essas preocupações são importantes não é só instalar escrever alguns post e ficar esperando visitante que eles não caem do ceu…

    quem não é visto no google não é lembrado, então corra e coloca-se no google.

    gostei, eu tow com uma ideia de passar pra o portugues alguns post do wordpress.org quem já fez ou tem publicado poste aqui!!!!

  • Ótimo post, Rodrigo :) Me chamou atenção o item 5. Talvez seja importante um backup não só do banco de dados, mas de alguns arquivos específicos, como o .htaccess. Digo isso porque precisei escrever uma regra nele e, após algumas alterações na administração do blog, o WP sobrescreveu o arquivo pelo original. Apesar de não ter feito backup dele, não tive maiores problemas, mas fica a dica pra quem precisar modificá-lo.

  • Excelente esse post.

    Gostariad e sua autorização para copiá-lo, praticamente na Integra, no meu servidor de blogs o Blog Profissional (htts;//blogprofissional.com.br)

  • Olá Muniz…Por favor vc pode me ajudar?
    consegui instalar o wordpress graças ao se tutorial..parabens pelo post.
    Porem esta acontecendo um erro que eu nao sei o que pode ser, não entendo mto…
    quando tento acessar meu blog aparece a seguinte mensagem:

    Warning: Cannot modify header information – headers already sent by (output started at /home/ehzuera/public_html/blog/wp-config.php:1) in /home/ehzuera/public_html/blog/wp-includes/pluggable.php on line 390

    O que deve ser??
    Alguem pode me ajudar??
    agradeço muito…

  • Bem, não podia deixar de comentar.
    Devo agradecer-lhe de coração.
    Procurei um bom tempo sobre como incrementar o WP; fiz o cadastro ontem. E apanhei mais que cachorro de pobre. Mas encontrei aqui.
    Seu blog é 10!
    Bem, chega de elogios!
    Valeu!

  • … muito legal …
    sou realmente novo no wordpress …
    hoje fiquei o dia inteiro tentando instalar o adsense … nao consegui … nao sei se e a maneira e o local que coloquei o codigo ou se nao funciona no wordpress ,, vc teria mais informacoes a respeito …? muito obrigado …
    : )

  • Bom texto, alias, ótimo blog, aprendi um pouco apanhando mesmo, não fiz backup e já perdi tudo, tem que pensar em tudo e se precaver.

  • Fábio

    Olha, eu tentei fazer um comentário no post anteruior mais não podia. Então posso lhe perguntar uma coisa: Como que eu mexo com o SmartFTP? Obrigado.

  • aramys

    Como eu faço para adicionar código HTML no wordpress? Estou tentando pelo widget “texto” e não tá dando certo.

  • aramys

    Eu crei duas listas de categorias, porem as categorias se repetem em ambas. Como faço para escolher as categorias que iram ficar em determinada lista?

  • Muito bom!

    Mas por ter tanta coisa pronta no wordpress é que ainda estou apanhando feito cachorro magro :P

    No geral eu gosto de procurar sozinho, mas esse tenho um pouco de pressa:

    Ao clicar no link de comentários, o leitor é redirecionado ao arquivo… tenho de editar o index do tema ou algo assim? Achei que eles já buscassem o WP-comments-post.php por padrão -.-”

    Alguma idéia? Acho essa pergunta por todo o google, a resposta é que está difícil -.-“

  • Esqueça… era apenas um form sobreposto :P

  • Rapaz, você é o cara!!!

    Parabéns mesmo e muito obrigado!!!

    Assim que o blog estiver no ar, venho aqui e aviso!!!

    Obrigado mesmo

  • Rafael

    Você sabe me dizer porque gera o erro nos links de entra:

    \n”; echo “”; echo htmlentities($item[‘title’]); echo ”
    \n”; echo “\n”; } } else { return false; } } endif; ?>
    Fatal error: Call to undefined function init() in C:\Inetpub\vhosts\site.com\subdomains\blog\httpdocs\WP-admin\includes\dashboard.php on line 462

  • benedito gonzalez

    prabens pelo post, mto bom mesmo !!! esclarece varias duvidas !

  • Ótimas dicas. Vou testar ainda hoje. Beleza.

  • O more era tudo que estava procurando :-). Só é bom deixar claro que ele deve ser incluído no modo HTML.

  • Olá pessoal.
    Estou começando a tentar criar um wordpress.
    Bem de começo vejo lá tem EDITAR POSTS e EDITAR PÁGINAS.
    Gostaria de saber o seguinte: Se eu ADD uma nova página tem como editar vários posts nessa mesma página?
    Em INÍCIO tem posts. Se eu criar uma nova página, por exemplo com o nome de MÚSICA ela vai aparecer ao lado de INÍCIO. Como faço para postar uma nova música nessa mesma página MÚSICA, sem modificar o post anterior. Isto é, uma nova postagem.
    Se estiver em caminho errado gostaria de esclarecimentos. Obrigado.
    .

  • Pingback: Resumindo seu blog com o WordDress — Dmitry Nix ()

  • Pingback: Dicas e sugestões para blogs e blogueiros depois de instalar a plataforma WORDPRESS | O Problogger - Uma visão clara de como ganhar dinheiro na internet com blogs e sites ()

  • Pingback: Rodrigo Muniz » Como instalar o Wordpress? ()

  • Por que você não indica o uso do WP em português, por causa das atualização ou segurança.
    Abraço!!!

  • Eaew fera blz? To iniciando no wordpress e estou editando um template, tenho algumas dúvidas, se puder ajudar…

    Estou tentando fazer o layout conforme estas imagens:
    http://img413.imageshack.us/i/homey.jpg/ (apenas uma coluna, e ao lado de cada seta um link)
    http://img136.imageshack.us/i/paginas.jpg/ (Página resultante de clicar nos links da página acima citada)
    http://img7.imageshack.us/i/subpagina.jpg/ (Subpágina da página anterior, ao clicar no link ” mais informações”)

    Aqui o template um pouco modificado:
    http://www.gigasize.com/get.php?d=pb2nmmgdbrd

    Aqui o template original:
    http://www.wordpress-love.com/2008/10/template-wordpress-newsmag-em-portugues/

    Considerações:
    Na home
    1-Não sei como fazer as setas aparecerem ao lado dos links, conforme a demo do template original…
    2-EM outros navegadores parece que estou no caminho certo, mas o template editado fica todo errado no IE.

    Páginas
    Como faço pra colocar a coluna no meio e tirar as opções de widgets da sidebar direita?
    E pra colocar a imagem em um local exato?

    Subpáginas
    Como criar uma layout de três colunas com widget do google maps e galeria de imagens?

  • Pingback: Como instalar o Wordpress? | Reidodownload - Download, Filmes, Músicas, CDs, MP3, Jogos, Séries e muito mais! ()

  • Ótima dica Muniz…

    Principalmente a dica do more…
    abração e sucesso!

  • reinaldo carlos da silva

    gostaria de colocar menu horizontal no meu woedpress como fazer?

  • reinaldo carlos da silva

    gostaria de colocar menu horizontal no meu wordpress como fazer?

  • Obrigado pelas dicas!
    Vou procurar fazer o que foi recomendado :)
    Um abraço

  • Muito bom mesmo. Parabéns.
    Como sou neófito no assunto, ainda aprendendo colocar POSTs no meu SITE, gostaria de saber como faço para colocar fotos nas matérias postadas, no minício, meio e fim das mesmas.
    obrigado

  • Nunca na galáxia que eu consigo fazer isso… rsrsrs
    Rodrigo, vc cobra quanto por hora? kkkk
    ;D

  • Pingback: Como apresentar resumos dos posts na página inicial do wordpress … « VissaliMúsica ()

  • Pingback: teste | Blog Rede Perfil ()

  • Pingback: Links para aprender a blogar na praia #2 ()

  • Pingback: Como instalar o Wordpress? ()

Sobre

Nascido em 1984 é Desenvolvedor Web autodidata desde 2002. Hoje especialista em Design da Informação pela UFPE é Designer na equipe de UX no VTEX Lab (núcleo de inovação para ecommerce), da VTEX.

Saiba mais