Pular links da navegação e ir direto para o conteúdo

Publicado em 9 de Jan de 2007 às 03:22

Explicando a Cicarelli o que é a Internet

Cara Daniela Cicarelli Lemos, venho por meio deste explicar a você, ao seu companheiro de ação Renato Malzoni Filho, ao seu advogado e a V. Exª Lincon Antônio Andrade de Moura como funciona a Internet. Calma, antes dos dois primeiros irem à praia deixem eu dizer que não vou usar termos técnicos, vai ser mais simples que pular onda.

A Internet não é só uma rede de computadores. É uma rede de pessoas, sim, pessoas conectadas nos quatro cantos do mundo seja pelo computador, celular, computador de mão… Quando um documento, foto ou vídeo é criado em formato digital ele pode ser reproduzido nesses aparelhos usados para conectar pessoas.
Essas pessoas não só gostam como têm o direto total de liberdade para compartilhar histórias, experiências e conteúdos diversos. E a internet é o melhor lugar do mundo para isso, pode-se compartilhar qualquer coisa. Nos últimos tempos compartilhar vídeo nunca foi tão fácil depois do surgimento do website que você está tentando censurar à toa, o YouTube. Que não é como um canal de TV de conteúdo unilateral como o que você trabalha atualmente. O conteúdo é feito adivinha por quem? Pessoas comuns! Todo mundo pode criar um vídeo, que no YouTube é tão fácil para compartilhar quanto para assistir

Você e V. Exª deveriam saber que transar em local público é contra a lei, atentado ao pudor e assim como estão tentando censurar um site internacional, se seu crime foi numa praia internacional então você e seu companheiro já deveriam ter sido processados. Quando a gente faz coisa que não quer que alguém veja deve-se usar paredes, carros com vidros escuros, cabanas… Porque um vídeo digital do que você quer que ninguém veja pode ser compartilhado por qualquer um a qualquer hora. Se os direitos autorais do material não foram contestados a tempo, então é melhor respirar fundo porque informo que o YouTube é só uma das infinitas maneiras de se compartilhar vídeos nessa rede Internet, há numerosos sites parecidos com ele e também o e-mail que é um tipo de Agência dos Correios eletrônica que você manda “cartinha” com conteúdo digital (fotos, vídeos) pra quantas pessoas quiser, há também um danado de um P2P que conecta computadores diretamente, sem intermediários. Ou seja, eu que compro um computador posso me conectar com a máquina do meu amigo sem precisar de site nenhum e pegar o “seu” vídeo diretamente do computador dele. Com o tal do P2P eu acho “seu” vídeo e também pego no computador de várias pessoas, sem saber de onde elas são e nem conhecê-las. Não é fantástico? Bem-vinda a liberdade que é a Internet! Essa rede que inclusive é total fonte para meus estudos com os quais hoje me sustento. Você deveria tentar, não há só “seu” vídeo, há muito material com conteúdo infinitamente mais interessante e proveitoso.

Entendeu mais ou menos como funciona agora? Entendeu porque a Time elegeu You (não você a modelo) como pessoa do ano? O que vocês estão tentando censurar é um website famoso, cheio de conteúdo rico, video clipes e material diversificado de culturas maravilhosas de todas as partes do mundo que era acessível, até então, a qualquer um. Está vendo esses textos em marcadinhos, Dani? São links, que se você estiver num computador com mouse pode clicar que eles te levam pra outras páginas com conteúdos que completam esse aqui, outra maravilha da internet que eu acho que você deveria realmente tentar.

Tentar impedir o acesso a “seu” vídeo você não está censurando o YouTube, você está censurando pessoas e com a Internet Dani, isso só é possível na sua cabeça, na do seu advogado, na da V. Exª que assinou a ordem de bloqueio e na dos ditadores. Agora pode ir tomar seu sol e use protetor dessa vez.

Sem mais.

Mais e mais links

Você é Desenvolvedor ou Designer?
Leia o blog do VTEX Lab, núcleo de inovação para ecommerce da VTEX. Também escrevo por lá. :)

  • Furmann

    Não explica assim que ela vai querer bloquear todos os computadores do Brasil agora que você falou que não precisa de site. Pior não é ela querer bloquear é algum magistrado conceder o desejo dela sem perder a oportunidade de dar uma puxadinha de saco no Diretor de uma Telecom.
    Mesmo quem não gosta do YouTube deveria se preocupar porque isso é censura, começa assim, mas é como uma bola de neve.
    Pena que eu não sei o site e email dela.

  • Bem, falo e ta dito! Achei interessantissimo o post, mas creio que ela não ta nem ligando, afinal, isso é mais dinheirinho para a conta dela. Acho que ela esta só brincando, mas tenho que certeza que a carreira dela foi pro saco, dentro de poucos meses nunca mais vamos ouvir falar dela a não ser na famosa INTERNET.

    Dan Cort

  • Essa medida foi ridícula mesmo.

    Assim como o YouTube, há vários outros sites para compartilhamento de vídeo ou, se a preferência for pelo YouTube mesmo, vários proxys que possibilitam o acesso ao site, tirando esse bloqueio.

    Bom, isso tudo só mostra a hipocrisia da nossa “justiça brasileira”, que não tarda em tomar atitudes como esta, mas outras que têm muito mais urgência demoram anos para acontecer.

    Infelizmente esse é o panorama do nosso país…

  • Chan

    Eu me pergunto. e os nossos direitos ?
    Será que não foram violados por tal decreto ?
    Ou o direito é único e exclusivo ?
    Eu também quero o meu direito de acessar o YouTube ele é público e acessível a todos. E se tiram o meu direito de acessar o mesmo, não estou sendo prejudicado ? não estão tirando o meu direito de liberdade ?
    não sou advogado mas estas horas gostaria de ser. pois teria o prazer de correr atrás dos meus direitos, tudo bem que nesse país não existe direitos, só exitem no papel “quem já dependeu da justiça sabe do que estou falando”, e como usuário “comum” e trabalhador não tenho tempo de correr atrás “tempo ate teria se soubesse que realmente existe direitos mas como sei que é só no papel nem vou perder tempo”.
    É incrível como quem tem dinheiro e fama consegue fazer tudo o que quer, pode-se matar e continuar livre, pode-se fazer sexo em locais públicos e ainda culpar quem estava vendo esta cena “mesmo o local sendo PÚBLICO acho que isso não significa nada, o que é PÚBLICO mesmo ?” a final a culpa do que aconteceu é nossa, quem mando ver o que estava acontecendo, vc não tem o direito de ver, ou seja feche os olhos caso veja alguem que seja famoso ou tenha dinheiro, vc vai poder ser processado por ver algo que eles não queiram.
    Ah já escrevi de mais, só queria deixar minha revolta aqui até.

  • Pingback: leonardofaria.net // weblab // webstandards, flash, webdesign e macintosh ()

  • Muito booooom! Parabéns pelo texto.
    Acho que assim ela entenderá o que é essa tal de internet!

    AbraçO!

  • Bem Rodrigo…
    Vou fazer papel de advogado do diabo.
    Advogado indignado com o papelão dessa sociedade maluca.

    A Cicarelli não precisa entender “o que é internet”. Ela pode ser, inclusive, uma analfabeta digital. E não duvido que seja.

    Não interessa.

    Seus Direitos não estão condicionados a conhecimento de mídia cara-palida.

    Agora… ela (e qualquer outro cidadão brasileiro) precisa entender que existem leis. Tem uma que diz que o que ela fez com namorado, não pode. Pelo menos não aqui. Tem outra que diz que espalhar o vídeo disso, também não pode.

    Não interessa se isso é na Globo ou no Youtube.

    É crime. Assim como é crime compartilhar o que não lhe pertence. Na Internet ou em qq outro lugar. E a imagem da Cicarelli não lhe pertence. Só ela tem esse direito.

    Esse é o ponto.

    Outra coisa: Cicarelli não tira Youtube do ar. Ela não tem esse poder. Ela não pediu isso.

    Pediu para que seu vídeo fosse retirado do ar. Novamente: É um direito dela. Legitimo.

    A forma que a Justiça reagiu a esse pedido, é questionável. Se internet é novidade para muita gente, mal existe para o meio jurídico.

    Mas… se o Youtube tá fora do ar e isso te revolta, reclame da justiça. Não da Cicarelli.

    E esse movimento contra ela que se espalhou pela Internet contra ela é, talvez, o maior de todos os crimes dessa história maluca. É vergonhoso.

    Daqui a pouco vamos estar queimando gente em praça publica. Chamando de bruxo, etc e tao. De volta a inquisição. Maluquice.

  • MTV divulgou nota sobre o boicote.
    Destaco uma parte:

    “A MTV BRASIL sempre repudiou a censura e sempre lutou pela liberdade de expressão, sendo reconhecida por suas campanhas sociais e políticas. Por isso não pode aceitar o teor de protestos indignados e ofensivos que têm pregado boicote à apresentadora e à própria emissora .

    Embora revestidos de legitimidade, a maioria desses protestos no fundo compartilha dos mesmos desvalores que quer atacar, pois fomenta a censura a um canal de televisão.”

    Concordo.
    Integra em: http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u21337.shtml

  • Pingback: photos&fatos : Blog Archive : Variedade ()

  • Muito bom Rodrigo, tem mesmo que bater duro. E o nosso direto esse dane-se, certo senhores que a defendem.

  • Hehe, a gente tem q tomar cuidado, pq se ela ver nossos blogs, pode mandar bloquear eles tbem! :D

  • laura

    Caro Ale Moreno!

    Entendo tuas colocações e até concordo com algumas!

    Agora, a indignação dos internautas brasileiros não é em nada vergonhosa!

    Convenhamos que as atitudes dos juristas, especialmente os brasileiros, em relação ao mundo virtual têm cada vez mais demonstrado a falta de conhecimento deles sobre os assuntos…

    Querem bloquear o vídeo??? Tentem…. Mas bloquear um site inteirinho por causa dele??? Bom… Se a Cica tem a grana, nós temos apenas a nossa indignação e a força de coletividade da internet!

    Na verdade, acho que é exatamente essa força de organização que tem assustado algumas pessoas!

    A coisa não é, em nada, sobre queimar pessoas em praça pública – isso foi triste nas tuas colocações – mas, sim, defender uma internet livre!…

    O Rodrigo foi muito feliz ao colocar na postagem que a atitude dos dois foi o que desencadeou toda essa história! E, em relação a isso, gostaria de registrar que o que é feito em público é público! Ainda mais se for feito por uma pessoa pública!

    Invadir a privacidade da Cica é uma coisa… Mas mostrar o que ela faz em público é outra beeeeem diferente!…

    Se ela vive da imagem, ela que cuide melhor do que tem… Que culpa tem o YouTube???? ;)

  • Jan

    Mandou bem Rodrigo!
    Eu ainda mantenho de pé minha teoria de que “caiu na internet não tem dono”. E essa é a verdade! Como você mesmo disse e todo mundo já sabe: Transar em públio é contra a lei; ela e o playboyzinho ai cheio da grana que deveria estar pagando com as consequências. Mais esse mundo é foda cara, só tem poder quem tem grana!

  • zero4

    Bom texto… mas Atentado ao Pudor nada tem a ver com “transar em local público” abraços!

  • Pois é, Rodrigo. Difícil de acreditar até onde a imbecilidade pode chegar. Enfim.

    Uia, adorei seu template! Quando crescer quero ter um site bonitão assim! :)

    abraço!

Sobre

Nascido em 1984 é Desenvolvedor Web autodidata desde 2002. Hoje especialista em Design da Informação pela UFPE é Designer na equipe de UX no VTEX Lab (núcleo de inovação para ecommerce), da VTEX.

Saiba mais