Pular links da navegação e ir direto para o conteúdo

Publicado em 21 de Sep de 2005 às 18:57

Severino Cavalcanti renuncia ao mandato em meio a manifetações

“Sem mensalinho, sem mensalão. Solta o dinheiro para educação”

Foi em meio a esses gritos de estudantes que aconteceu uma interrupção na sessão marcada pelo discurso de renúncia de Severino. Ele renunciou ao cargo de Presidente da Câmara e também do mandato de deputado.

Tumulto
Foto: Terra

Como era de se esperar o corrúpto fez um discurso carregado de apelos populares, um dos grandes problemas é o fato de Severino conhecer muito bem a situação de quem o elegeu. Moro em uma cidade visinha da cidade natal, João Alfredo, do ex-deputado, onde ele iniciou sua vida política como prefeito. O que se vê é uma cidade passando por uma boa fase na economia, em crescente desenvolvimento, mas ainda com uma população pobre, alienada e dividida. Alienada principalmente na idéia de que o Severino é um homem bom e claro, com muito poder. E esse poder é notório quando se toca no nome dele, não só em João Alfedo, mas na região inteira.
Ele deu a desculpa de que a pressão dos adversário era muito grande e que ele já se sentia julgado antes das condenações e que em meio a isso o melhor era renunciar. Mas sabe-se muito bem que na verdade renunciando ele não perde os direitos políticos por 8 anos, assim como aconteceu a Roberto Jefferson, caçado há pouco. E sabendo que a população daqui vai continuar votando nele, na próxima eleição ele se reelegerá, ninguém mais vai lembrar de mensalinho ou dos aumentos de salários de deputados pregado por ele. Numa coisa ele está certo, ele realmente vai voltar.

ps.: A justiça negou o pedido de habeas corpus para Malluf e seu filho, vão continuar presos. :)

Você é Desenvolvedor ou Designer?
Leia o blog do VTEX Lab, núcleo de inovação para ecommerce da VTEX. Também escrevo por lá. :)

  • Vamos soltar fogos para comemorar?
    Federal em greve. Humpf!
    Tenho uma boa pra te contar. Voce nunca mais vai deixar de me chamar de nerd por causa disso.
    Beijus

  • Tô meio puto com deputado.
    Próximo ano o meu voto de protesto será para o PSOL.

Sobre

Nascido em 1984 é Desenvolvedor Web autodidata desde 2002. Hoje especialista em Design da Informação pela UFPE é Designer na equipe de UX no VTEX Lab (núcleo de inovação para ecommerce), da VTEX.

Saiba mais